Selecione seus Ingressos

Ingresso Museus do Vaticano e Capela Sistina Sem Filas

Sem Filas Ingressos Eletrônicos Audioguia Opcional
  • Visite os Museus do Vaticano e os tesouros da Renascença com ingressos sem filas e um audioguia opcional.
  • Não perca a chance de admirar os murais e o imortal trabalho realizado por Michelangelo no teto e nas paredes da Capela Sistina.
  • Com ingressos de acesso prioritário diretamente no celular, você garante entrada sem estresse às centenárias obras de arte do Vaticano.
  • Os ingressos não podem ser cancelados, alterados ou remarcados. Selecione a data da visita com cuidado ao comprar.
+ Leia Mais

Explore a Cidade do Vaticano

Por que visitar a Cidade do Vaticano

Localizada nos limites de Roma, a Cidade do Vaticano é o menor país do mundo e a sede do Catolicismo Romano. Trata-se também do lar de uma das mais impressionantes coleções de arte do mundo. Seja as pinturas de Caravaggio, os afrescos de Michelangelo ou as esculturas de Bernini, algumas das maiores obras de arte renascentistas podem ser encontradas no Vaticano.

Além de ser um centro de peregrinação, o Vaticano é também um dos destinos turísticos mais importantes da Europa. Os principais locais de visita são a Basílica de São Pedro, os Museus do Vaticano e a Capela Sistina.

A Basílica de São Pedro, juntamente com a Praça de São Pedro, fica no coração do Vaticano. É uma obra renomada da arquitetura renascentista e foi projetada por artistas como Bramante, Michelangelo, Giacomo della Porta, Maderno e Bernini. Já os Museus do Vaticano e suas coleções são considerados da mais alta importância histórica, científica e cultural. A maior obra de todas são os afrescos que adornam a Capela Sistina, a capela no Palácio Apostólico e parte dos Museus Vaticanos.

Dicas e Sugestões para os Visitantes

  • Planeje com antecedência. Se você não fizer isso e acabar nas filas de espera do Vaticano, podera ficar por lá por 3 a 4 horas. Por isso, recomendamos que faça seus planos com antecedência e compre os ingressos de antemão. No dia da visita, evite as longas filas e entre sem ter que esperar.
  • Faça uma visita guiada ao Vaticano. Os Museus do Vaticano, a Capela Sistina e a Basílica de São Pedro têm muita história e arte guardadas nas suas paredes. Com um guia, você poderá aprender muito mais do que sozinho. A visita guiada é definitivamente uma forma gratificante de conhecer o Vaticano.
  • Tenha tempo reservado para a visita. O Vaticano pode ser o menor país do mundo, mas possui algumas das maiores coleções históricas, culturais e artísticas do mundo. Há tanto para ver que algumas horas podem não ser suficientes. Durante o curso do dia, lembre-se de se alimentar bem, pois a caminhada pode ser cansativa.
  • Apesar da entrada para a Basílica de São Pedro ser gratuita, a fila para entrar pode levar até duas horas. A opção mais prática é adquirir ingressos para a Visita Guiada ao Vaticano e à Capela Sistina, que lhe permitem entrar também na Basílica de São Pedro por uma entrada secreta na Capela. Desta forma, você pode visitar as três principais joias do Vaticano com zero aborrecimento.
  • Siga as regras. O Vaticano é o mais santo de todos os lugares cristãos do mundo. Dada a sua estatura, existem regras que todos os visitantes do Vaticano devem seguir. Muitas seções da Basílica de São Pedro e dos Museus do Vaticano são zonas sem foto. Outras, como as Grutas do Vaticano, exigem que se faça silêncio para manter a santidade do lugar. Tenha isso em mente para evitar qualquer problema.
  • Siga o código de vestuário. É extremamente importante vestir-se adequadamente antes de entrar no Vaticano. Blusas sem mangas, mini-saias, shorts e chapéus não são permitidos. Sacolas grandes ou mochilas não são permitidas no local. No entanto, há guarda-volumes que permitem que você guarde suas malas se estiver carregando alguma.
  • Para aproveitar uma visita gratuita, vá no último domingo do mês quando o Museu do Vaticano é gratuito.